Espaço Social

Pílulas Espirituais - 16/outubro

Publicado em 16/10/2019 por: Pe. Pedro M. Guimarães Ferreira S.J.

154.“Nenhuma veneração de Maria é mais bonita que a imitação de sua humildade. Nenhuma devoção aos santos é mais aceitável a Deus do que a imitação de suas virtudes [...] Eu sempre enfatizei que o único completo exemplo de perfeito exemplo de piedade é encontrado na imitação de Cristo.” (Erasmo de Roterdão, Enchiridon Militis Christiani. The essential Erasmus. Edited by John P. Dolan. A Meridian Book. 1964, p. 66)

155.«Mãe de Deus, não porque o Verbo de Deus dela tenha recebido a natureza divina, mas porque dela recebeu o corpo sagrado, dotado de uma alma racional, unido ao qual, na sua pessoa, se diz que o Verbo nasceu segundo a carne”. (Catec. da Igreja Católica, 466).

156.“Pode-se dizer que os frutos da Redenção foram antecipados para preservar a alma de Maria do pecado original, mas não antecipados para levar o seu corpo para o céu? Pode-se dizer que ela foi liberta do império de Satan, enquanto este é um império do pecado, mas não enquanto é um império da morte? Pode-se dizer que ela adora no céu o corpo ao qual ela deu à luz, mas sem o corpo que deu à luz? Pode-se [afirmar] que o Sagrado Coração de Jesus é um coração vivo, mas que o Imaculado Coração de Maria é um coração morto? [...]. Pode-se negar que a Assunção é uma graça e que Maria é cheia de graças? (Bernard Lonergan SJ, The Assumption and Theology in: Collected Works of Bernard Lonergan, vol 4: University of Toronto Press, p. 73)

157.“Vi minha mãe rezando

Aos pés da Virgem Maria.

Era uma santa escutando

O que a outra santa dizia”

(Autor desconhecido)

158.“Maria tem mais mérito por ter sido discípula de Cristo do que por ter sido sua mãe, [...]. Cristo é verdade; Cristo é carne. Cristo é verdade no espírito de Maria, Cristo é carne no seio de Maria. É mais o que se traz no espírito do que o que se traz no seio”. (Santo Agostinho, Sermão 25, 7-8, apud 2ª. Leitura (Liturgia das Horas) da Festa da Apresentação de Maria, 21 de Novembro.)

Pe. Pedro M. Guimarães Ferreira S.J.