O comportamento com os irmãos muçulmanos:

Publicado em 16/2/2011 por: Orientado pro Shekh Abdu Osman

O muçulmano deve cumprir as suas obrigações para com seus irmãos muçulmanos, considerando esses deveres uma devoção a Deus, uma vez que foi Ele quem estabeleceu tais obrigações e entre as atitudes que o muçulmano terá que cumprir em relação aos seus irmãos são:

1- cumprimenta-lo pela saudação da paz e com as mãos, e a resposta deverá ser igual ou melhor, sendo que a ordem será da seguinte forma como disse profeta (SAS): "cumprimente quem está na sua montaria ao pedestre, ao pedestre ao sentado, e os que estão em pouco número aos que estão em número maior, o cumprimento se estende àqueles que você conhece e àqueles que você não conhece, sendo muçulmanos ou não muçulmanos".

2- fazer súplicas a ele quando espirrar e fazer louvores a Deus, dizendo: "Deus tenha misericórdia de ti- e quem espirrou diz: - que Deus me perdoe e te perdoe, ou: que Deus lhes guie e acerte todos os seus passos."

3- visita-lo se este ficar doente e suplicar a Deus para que proporcione a sua cura.

4- que acompanhe seu funeral.

5- fazer cumprir seu juramento, se não implicar no pecado.

6- dar-lhe conselho quando for solicitado.

7- que deseje ao seu irmão o que deseja para si mesmo, disse o profeta (SAS): "não é crente aquele que não deseja para seu irmão o que deseja para si mesmo, e completou, o exemplo dos crentes no seu carinho, piedade e compaixão como se fosse um só corpo, se um órgão adoecer o restante do corpo fica febril e passa a noite em claro".

8- deve apoiá-lo e não decepciona-lo se ele estiver sendo injustiçado e se ele está praticando injustiça deve impedi-lo, disse o profeta (SAS): "o muçulmano é o irmão do muçulmano, não deve injustiça-lo, decepciona-lo e nem despreza-lo".

9- não deverá causar nenhum dano a ele, disse o Profeta (SAS): "tudo o que um muçulmano tem é vedado a outro muçulmano, sua vida, seus bens, sua dignidade e honra" e disse também: "não é permitido ao muçulmano aterrorizar outro muçulmano" e completou "não é permitido ao muçulmano olhar de um modo que prejudique seu irmão" e disse "o verdadeiro muçulmano é aquele que os outros muçulmanos são salvos de sua língua e de suas mãos".

10- que seja humilde para com seus irmãos, não arrogante e não deve fazê-lo levantar para se sentar em seu lugar.

11- não deve abandoná-lo porque o Profeta (SAS) disse: "não é permitido ao muçulmano abandonar seu irmão acima de três dias, e quando ambos se encontram o melhor entre ambos é aquele que começa cumprimentando o outro".

12- não deve falar mal dele na sua ausência, despreza-lo, apontar seus defeitos ou debochar dele, também não deve apelidá-lo de modo pejorativo, nem fazer intriga contra ele, disse o profeta(SAS): "não existe um sujeito pior que aquele que despreza seu irmão muçulmano" e completou "não entrará no paraíso aquele que faz intrigas", disse também: "a maledicência apaga os méritos como o fogo se alastra no capim seco".

13- não deve insultá-lo vivo ou morto, disse o Profeta (SAS): "se um homem alegar que o outro é incrédulo ou transgressor e este não o é, o mesmo será taxado de estes dois atributos" disse também: "um dos maiores pecado é que o homem insulte seus próprios pais disseram (seus companheiros) alguém ousa insultar seu próprios pais? Respondeu: sim, ele insulta o pai do outro, o outro responde insultando seu próprio pai e mãe".

14- não deverá ter inveja, má suspeita, ódio ou espiar seu irmão, disse o profeta(SAS): "não se invejem, não se odeiem, não se espiem, e não divirjam e sejam servos de Deus irmãos".

15- não deverá enganá-lo, disse o Profeta (SAS): "quem nos engana não faz parte de nós".

16- não devera traí- lo, mentir para ele, nem protelar no pagamento das dividas para ele, disse o profeta(SAS): "quatro características, quem as tiver é considerado um puro hipócrita e quem tiver uma delas terá uma característica da hipocrisia até deixa-la, são elas: quanto lhe confiado algo, trai; quando fala, mente; quando promete, não cumpre; e quando diverge, transgride os limites".

17- deverá ter bom comportamento para com ele, fazer bem a ele e não causar danos, encontrá-lo com expressão facial aberta, aceite suas boas obras e perdoe suas falhas, não deverá sobrecarrega-lo.

18- respeita-lo se for maior de idade e trata-lo com piedade se for menor, disse o Profeta (SAS): "não faz parte da nossa nação quem não respeita os nossos idosos e não tem piedade dos nossos menores".

19- deverá ser justo e equitativo com ele, mesmo que seja contra si próprio.

20- deverá perdoar as suas falhas e não espalhar seus segredos, não deve permitir que falem mal dele em sua presença.

21- que ajude-o quando necessitar e interceda para que ele possa resolver seus problemas, disse o profeta(SAS): "quem alivia uma aflição das aflições desta vida a um crente, Deus aliviará uma aflição no dia do julgamento, e quem facilita as coisas para quem esta com dificuldades Deus facilitará para ele nesta vida e na outra; e quem não espalha os segredos alheios de um muçulmano, Deus não o escandalizará nesta vida nem na outra; e Deus esta no auxilio de seu servo enquanto este esta no auxilio de seus irmãos".


22- devera dar proteção e auxilio quando solicitado, recompensa-lo pelos favores e fazer suplicas a Deus por ele.

Considerações finais:
É importante dizer que esses comportamentos são válidos para irmãos muçulmanos e não muçulmanos.